#eCommerce

As empresárias que estão a deixar a sua marca no comércio eletrónico

DHL Express
DHL Express
4 min de leitura
Partilhar em
facebook sharing button
linkedin sharing button
Smart Share Buttons Icon Partilhar
woman in hijab writing

Estamos a celebrar o Dia Internacional da Mulher1 explorando a forma como o comércio eletrónico cria mais oportunidades para as mulheres se destacarem. Continue a ler para saber o verdadeiro significado do poder das mulheres nos negócios.

De acordo com um estudo da Nielsen, as mulheres deterão 75% das despesas discricionárias a nível mundial até 20282. Mas e quanto ao seu papel no lado empresarial das transações? 

Não é segredo que a discriminação no local de trabalho impede as mulheres de ocuparem cargos de topo nas empresas. Mas a mudança está a acontecer, com o setor do comércio eletrónico, em particular, a oferecer mais oportunidades às mulheres. Por cada Jeff Bezos, há também uma mulher com muita ambição e paixão, aproveitando a flexibilidade que a gestão de um negócio online proporciona.

A Amazon afirma que 32% dos seus vendedores são mulheres4, enquanto a Shopify apresenta uma estatística mais impressionante de 53%5. Entretanto, as vendedoras na Amazon obtêm lucros mais cedo: 26% tornaram-se rentáveis após apenas 3 meses, contra 18% dos homens6.

Vamos conhecer algumas das empresárias que estão a derrubar o teto de vidro.

Início humilde, grandes ambições

A americana Sara Blakely fundou a Spanx7 devido à sua própria necessidade de ter um acessório que pudesse ser usado discretamente por baixo de roupas justas. Utilizou 5.000 dólares das suas próprias poupanças para lançar a empresa, que hoje está avaliada em mais de 1,2 mil milhões de dólares. O seu conselho para os novos empresários? "Não se deixem intimidar pelo que não sabem. Isso pode ser a vossa maior força e garantir que fazem as coisas de forma diferente de todos os outros. "8

Do outro lado do oceano, as britânicas Sophie Cornish e Holly Tucker fundaram o mercado em linha Not On The High Street9 em 2006, a partir da mesa da cozinha e com um orçamento muito limitado. Atualmente, tem mais de 200.000 produtos de vendedores independentes. A dupla pode agora celebrar o seu sucesso, mas nem sempre foi assim. "As mulheres tendem a ser as suas piores críticas", afirma Sophie. "Quem me dera poder dizer ao meu eu mais novo: 'Para de te bater. Confia em ti própria. "10

Noutro lado, Nomvuyo Treffers lançou a Swimma11 em 2016, especializada em toucas de silicone para todos os estilos de cabelo: rastas, tranças, afros, cabelos compridos e extensões. A ideia de Treffers passou rapidamente de uma pequena empresa que servia um mercado local para uma empresa global com clientes em todo o mundo. Ela atribui o rápido sucesso a uma série de factores, mas o primeiro e mais importante foi a procura imediata de clientes internacionais.

woman smiling in laptop screen

Um futuro mais brilhante

O comércio eletrónico está a dar às mulheres dos países em desenvolvimento a possibilidade de saírem da pobreza. No Sudeste Asiático, prevê-se que as vendas em plataformas de comércio eletrónico tripliquem entre 2020 e 2025, enquanto o valor de mercado do comércio eletrónico em África deverá quadruplicar entre 2020 e 203012.

"As plataformas de comércio eletrónico têm um papel importante a desempenhar [...] na atenuação dos impactos desproporcionalmente negativos da pandemia nas mulheres empresárias", afirmou Stephanie von Friedeburg, vice-presidente sénior de operações da International Finance Corporation13.

"Os momentos decisivos para transformar o estatuto económico das mulheres a nível mundial são poucos e distantes entre si, mas a COVID-19 e a recuperação pós-pandemia oferecem um desses momentos raros e críticos. Não nos podemos dar ao luxo de perder esta oportunidade de desenvolvimento e de um futuro equitativo para todos."

hand packing parcels

A oportunidade

Então, quais são os primeiros passos para se estabelecer como empresária do comércio eletrónico? Encontrará a resposta no Discover. Consulte os nossos guias dedicados à criação de uma empresa, incluindo os segredos das startups em tempo livre e as 7 estratégias de crescimento empresarial que deve conhecer. Só precisamos que traga o poder feminino! Boas vendas!

1 - Dia Internacional da Mulher

2 - Nielsen, março de 2020 

3 - PR Newswire, setembro de 2022

4 - Jungle Scout, janeiro de 2021

5 - Shopify, março de 2022

6 - Jungle Scout

7 - Spanx

8 - Sara Blakely, SBBC, acedido em fevereiro de 2023

9 - Not on the high street

10 - Sophie Cornish, BBC News, outubro de 2018

11 - Swimma

12 - Council on Foreign Relations, junho de 2021

13 - Stephanie von Friedeburg, Council on Foreign Relations, junho de 2021