#PequenasEMédiasEmpresas

Saiba Como Ajudar a Sua Empresa a Crescer

DHL Express
DHL Express
8 mins
Partilhar em
facebook sharing button
linkedin sharing button
Smart Share Buttons Icon Partilhar

Todos os proprietários de pequenas empresas querem, de alguma forma, fazer crescer o seu negócio - desde a expansão para um negócio internacional rentável até à transformação numa mega-marca global. Quaisquer que sejam as suas ambições, como uma das maiores e mais internacionais empresas do mundo, podemos ajudá-lo com conselhos e dicas sobre o planeamento do crescimento do negócio.

 

Quando se gere uma empresa, já é suficientemente difícil acompanhar tudo o que acontece no dia a dia, quanto mais pôr em prática várias estratégias de crescimento, monitorizar o seu sucesso ou não e adaptar-se em conformidade.

Um plano de crescimento da empresa obrigá-lo-á a olhar para o futuro. É um esboço de como vê a sua empresa, normalmente com um calendário para o próximo ano ou dois, e objetivos para cada trimestre. No final de cada trimestre, pode ver quais foram atingidos e quais não foram. 

As principais razões pelas quais um plano de crescimento empresarial é importante são: monitorizar a sua quota de mercado e penetração (que deve aumentar ou acabará por ter perdas em vez de lucros); ajudar a recuperar quaisquer perdas iniciais da sua empresa; minimizar riscos futuros; dar aos investidores um esboço do crescimento futuro; e mostrar planos concretos de receitas.

Como fazer a sua empresa crescer

Com o mundo em constante mudança, é essencial que as empresas saibam como se adaptar e crescer num ambiente cada vez mais global e competitivo. Se é proprietário ou gestor de uma empresa, sabe que fazer crescer um negócio pode ser uma tarefa muito desafiante. No entanto, com as estratégias certas, é possível alcançar o sucesso e ter um negócio em crescimento sustentado ao longo de muitos anos.

Neste artigo, vamos explorar alguns dos passos essenciais para fazer crescer a sua empresa.

Conheça o seu público-alvo

Antes de começar a expandir a sua empresa, é importante que saiba quem é o seu público-alvo e como atender às suas necessidades. Conhecer o perfil do seu cliente ideal vai ajudá-lo a tomar decisões mais informadas sobre como desenvolver e comercializar os seus produtos ou serviços. Além disso, pode ajudá-lo a identificar oportunidades de negócio que talvez ainda não tenha considerado. A sua empresa deve assim trabalhar focada nas necessidades dos seus potenciais clientes, acrescentando-lhes valor em tudo o que entrega.

Tenha um plano de negócio sólido

Para fazer crescer a sua empresa, é importante ter um plano de negócios bem estruturado e definido. O plano deve incluir a sua estratégia de marketing, análise de concorrência, metas e objetivos de negócio, plano de ação e cronograma de implementação. Com um planeamento sólido, terá uma visão clara do que precisa de ser feito em cada momento para alcançar os seus objetivos. Depois disto é importante ter presente que o plano é um instrumento de gestão e que por isso deve ser adaptado ao longo do tempo em função da evolução do próprio mercado.

Foque-se na sua marca

A sua marca é a identidade da sua empresa e é o que os seus clientes reconhecem e associam ao seu negócio. É importante que invista na sua marca, desde a sua presença online, logótipo, cores e tipografia até à forma como comunica com os seus clientes. Ter uma marca forte e coerente ajuda a estabelecer confiança com os seus clientes e vai destacá-lo da concorrência. Além de tudo o que se relaciona com a comunicação, faça todos os possíveis para que os seus clientes identifiquem a sua marca pelos valores que representa – segurança, fiabilidade, credibilidade, eficiência e agilidade podem ser alguns destes valores.

Inove constantemente

Um fator crucial para o crescimento da sua empresa é a inovação. É importante estar sempre atento a novas ideias e formas de melhorar os seus produtos ou serviços. Para além disso analise o mercado, ausculte os seus clientes e investigue os concorrentes para identificar ideias para a criação de novos produtos ou serviços. Lembre-se por exemplo de toda a digitalização que está a ocorrer no mundo e das oportunidades que a mesma encerra em termos de inovação da oferta.

Construa relacionamentos com os seus clientes

Construir relacionamentos duradouros com os seus clientes é essencial para o crescimento da sua empresa. Isso começa pela oferta de um excelente serviço de atendimento ao cliente até ao envio de e-mails personalizados e ao acompanhamento das necessidades e interesses dos seus clientes. Ao construir relações com os seus clientes, não só aumenta a sua base de clientes fidelizados como ainda pode obter referências valiosas. Lembre-se que o efeito passa a palavra é uma das formas de marketing mais potentes.                               

Mantenha um controlo financeiro rigoroso

O controlo financeiro da empresa é um fator crítico de sucesso. O crescimento do negócio tem sempre que ser sustentado. É importante manter registos financeiros precisos e atualizados, acompanhar as despesas e receitas, orçamentar para gastos futuros e, muito importante, monitorizar o fluxo de caixa para garantir que tem liquidez para enfrentar o dia-a-dia.

Explore novos mercados

Se deseja expandir o seu negócio, considere entrar em novos mercados. Investigue as novas tendências, pesquise os comportamentos dos consumidores e identifique novas necessidades no mercado. Os clientes são cada vez mais exigentes e procuram novas soluções para problemas antigos pelo que se estiver atento pode expandir a sua empresa. Considere expandir a sua oferta de produtos ou serviços, por exemplo, a nível internacional como forma de chegar a novos clientes.

Invista na sua equipa

São as pessoas que vão ditar a forma como o seu negócio progride. Todas as empresas precisam de equipas capacitadas e dedicadas. Invista nos seus colaboradores oferecendo formação e desenvolvimento, oportunidades de progressão na carreira e um ambiente de trabalho positivo. Uma equipa motivada e feliz é mais produtiva e isso impacta a qualidade do trabalho e o sucesso geral do negócio.

Automatize processos

Para melhorar a eficiência e a produtividade do seu negócio, considere automatizar processos. Procure oportunidades de aplicar uma lógica de transformação digital e identifique tarefas repetitivas e demoradas que podem ser automatizadas. Procure soluções de software ou tecnologia para o ajudar, isso não só poupará tempo e dinheiro, mas também irá permitir que se concentre noutras atividades que agregam valor ao seu negócio.

Diversifique as suas fontes de receita

Para garantir a estabilidade e o crescimento do seu negócio, é importante diversificar as suas fontes de receita. Em vez de depender de um único produto ou serviço, ou mesmo de apenas um segmento de clientes, considere oferecer diferentes opções, expandir para novas linhas de negócio ou identificar novos mercados. Isto permite minimizar o risco e ter vários fluxos de receita independentes.

Faça parcerias estratégicas

As parcerias estratégicas podem ser uma ótima maneira de expandir o seu negócio. Procure parceiros que possam complementar os seus produtos ou serviços e que possuam uma base de clientes semelhante à sua. Com isto pode ter que dividir o bolo do negócio pelos vários parceiros mas isso não tem nada de errado, especialmente quando se trata de dividir um bolo que é maior porque juntos geram mais valor para os clientes.

Que fatores influenciam o crescimento das empresas?

Há muitos fatores que podem afetar o crescimento da sua empresa, mas, de acordo com o site business.com, estes são os três elementos-chave:

  • Liderança. É necessário conhecer os meandros dos seus processos empresariais e o impacto das forças externas sobre eles. Caso contrário, não poderá orientar a sua equipa para aumentar as suas receitas e crescer.
  • Gestão. Isto inclui as áreas-chave de obtenção de financiamento, recursos e infra-estruturas físicas e digitais. Embora possa ser tentador poupar dinheiro nestas áreas, isso pode limitar o seu crescimento - e o dinheiro que ganhará depois de crescer pode cobrir os seus custos atuais. É aqui que é necessário assumir um risco calculado.
  • Fidelidade do cliente. De acordo com uma investigação da Harvard Business Review, um aumento de 5% na retenção de clientes pode aumentar os lucros em 25% a 95%!

Como elaborar um plano de crescimento empresarial, passo a passo?

Se pesquisar online, encontrará muitos especialistas com diferentes pontos de vista sobre como escrever um plano de crescimento empresarial e o que incluir no mesmo. No entanto, aqui estão alguns dos pontos-chave com os quais a maioria concorda.

Passo 1. Definir objetivos

Defina os seus objetivos de acordo com a sua ideia de como medir o crescimento da empresa.

Pode ser aumentar a sua base de clientes, expandir a sua gama de produtos, gerar mais receitas, obter lucros mais elevados, conquistar uma maior quota de mercado, contratar mais pessoas ou - muito provavelmente - uma combinação de vários destes objetivos.

Passo 2. Decidir sobre um calendário

Alguns especialistas recomendam que comece com objetivos a longo prazo (por exemplo, 10 anos) e, em seguida, trabalhe no sentido inverso para decidir os seus objetivos para cinco anos, três anos, dois anos e um ano. Outros limitam o plano de crescimento de uma empresa a um ou dois anos. No final, cabe-lhe a si decidir até que ponto quer olhar para o futuro.

Passo 3: Planear ações para atingir os seus objetivos

Se o seu objetivo é aumentar as receitas, por exemplo, quais são as melhores formas de o conseguir? Pode ser aumentando a sua equipa de vendas através de uma campanha de recrutamento, ou aumentando o tráfego do seu site através de uma campanha de marketing, ou aumentando a retenção de clientes através de um programa de fidelização de clientes. Pense nas tácticas e ferramentas à sua disposição.

Passo 4. Adicione alguns indicadores

Depois de definir os seus objetivos e planear a forma de os atingir, defina alguns indicadores-chave para medir o seu sucesso.

Tente mantê-las claras, simples e quantificáveis. Por exemplo, se estiver a pensar a longo prazo, "Aumentar a nossa base de clientes em x% no prazo de 10 anos", ou a curto prazo, "Aumentar as receitas em x% em dois anos" ou "Expandir para x novos países no prazo de um ano".

Adicione também métricas aos itens de ação mais pequenos. Pode ser, por exemplo, "Realizar uma campanha de recrutamento que traga x novos membros do pessoal" ou "Realizar um programa de fidelização de clientes que aumente a retenção em x%".

Etapa 5. Pesquise e ajuste conforme necessário

Depois de definir os seus objetivos, decidir sobre um calendário e adicionar alguns indicadores, é necessário verificar se todos eles são práticos. Faça alguma pesquisa no seu setor e entre os seus clientes actuais e potenciais.

Isto ajudá-lo-á a justificar os seus objetivos, a ajustá-los, se necessário, e a garantir um calendário realista para os atingir.

Passo 6. Definir o financiamento

Mais uma vez, terá de fazer alguma investigação para saber quanto custará a execução do seu plano de crescimento empresarial. Depois, terá de garantir algum investimento de capital ou reservar um orçamento interno.

Passo 7. Execute o seu plano de crescimento empresarial!

 

Como medir o crescimento da empresa de seis formas diferentes?

Pode ter escolhido as suas formas preferidas de medir o crescimento da empresa, mas faz sentido ter uma visão mais abrangente. Ao verificar o seu progresso, considere as seis medidas seguintes:

  1. Receitas: As receitas são um indicador frequentemente utilizado para medir o crescimento da empresa. No entanto, não se esqueça de a equilibrar com as despesas, porque ganhar mais dinheiro significa muitas vezes gastar mais.
  2. Lucro: este é um indicador melhor do que as receitas. Uma taxa de lucro crescente é desejável mas, mesmo que o crescimento seja mínimo, é importante que a sua empresa tenha uma margem de lucro saudável. No entanto, para as novas empresas, o crescimento rápido da rendibilidade é vital.
  3. Quota de mercado: Mais uma vez, para as novas empresas, é importante aumentar rapidamente a quota de mercado em relação aos concorrentes. Caso contrário, será difícil impulsionar as vendas.
  4. Aquisição de clientes: uma boa forma de aumentar a quota de mercado é centrar-se na geração de contactos e no volume de vendas - o que, obviamente, também aumenta as receitas.
  5. Retenção de clientes: é muito menos dispendioso manter um cliente do que conquistar um novo, pelo que a retenção deve ser um objetivo e uma métrica fundamentais. Só se mantiver os seus clientes actuais é que poderá crescer através da aquisição de novos clientes.
  6. Número de empregados: é claro que precisa de empregados suficientes para fazer crescer a sua empresa. Mas é necessário equilibrar este aspeto com o custo da sua equipa e monitorizá-lo de perto.

 

Conclusão

Para fazer uma empresa crescer de forma sustentada é necessário adotar uma abordagem estratégica e sistematizada, que inclua uma definição clara dos objetivos e metas, passando pela análise de mercado e dos concorrentes, até à implementação de ações efetivas e medição constante dos resultados atingidos e dos desvios ao plano traçado.

Além disso, é fundamental contar com uma equipa qualificada e comprometida, bem como procurar constantemente a inovação e adaptação às mudanças do mercado. Seguindo esses passos, é possível potenciar o sucesso e tornar a empresa cada vez mais competitiva e lucrativa.

Procura um parceiro de confiança para tratar do transporte internacional do seu negócio? Abra já uma conta DHL Express para a sua Empresa.